Uma visita a cidade de Atlanta – Georgia. Um guia com as melhores dicas, lugares para conhecer e se hospedar.

Resumo do Post

Os playoffs da NBA nos levaram a Atlanta em julho de 2021. Estávamos em Miami e um voo até Atlanta não leva mais do que 1h50, então lá fomos nós. Confesso que a cidade sempre esteve na minha lista de destinos por causa da Coca Cola. Atlanta é a sede e meu caso de amor com a coca cola zero é bem antigo! Foram somente 2 dias que ficamos em Atlanta, mas como é uma cidade compacta, que as principais atrações são bem próximas do centro, foi tranquilo para andar por lá. Claro que se tivesse um pouquinho mais de tempo, teriam ainda outros pontos de interesse para explorar, mas de qualquer forma, valeu a pena!

Ficamos hospedados no centro da cidade, e a impressão foi de uma cidade vazia, acho que muito em função da pandemia. Como em outras cidades americanas, muitas famílias que passaram a trabalhar 100% homeoffice se mudaram para locais com mais espaço, fugindo das cidades. Atlanta não foi a única cidade que tive esta sensação. Poucas pessoas nas ruas, lojas vazias, mas espero que com a aceleração da vacinação aos poucos as coisas voltem ao normal.

Curiosidades para saber:

E o Vento Levou: A primeira coisa que vem a cabeça quando penso em Atlanta, (além da Coca Cola) é o filme E o Vento Levou. O clássico se passa durante a guerra civil americana, e conta a história de amor entre a filha mimada de um fazendeiro sulista, Scarlett O´Hara , vivida por Vivien Leigh e um cavalheiro, brilhantemente estrelado por Clark Gable. Quem nunca ouviu falar do filme E o Vento Levou ne? O clássico é de 1939 e teve a cidade de Atlanta como sua inspiração.

Martin Luther King Jr.: Atlanta está muito ligada ao nome deste famoso ativista americano. Ele nasceu em 1929 na cidade e lutou a vida toda pelo reconhecimento dos direitos civis dos negros norte-americanos. King recebeu o prêmio Nobel da Paz em 1964 e infelizmente foi assassinado em 1968 no Memphis no Tennessee.

Pelas ruas de Atlanta vemos várias referências a Martin Luther King em arte da rua, ou reproduzindo suas frases que marcaram toda uma geração.

Olimpíadas: Em 1996 Atlanta sediou as Olimpíadas e foi uma edição especial já que marcos os 100 anos dos jogos na era moderna. É possível ver na cidade a lembrança deste momento especial através do lindo parque centenário e os anéis olímpicos. Em função da pandemia, o parque estava fechado, mas caminhando ao redor é possível ter noção da grandiosidade do local. Vale uma passada por lá.

Guerra Civil: Um evento marcante na cidade Atlanta foi que durante a Guerra Civil americana, ela foi completamente queimada pelo exército do norte. O ponto central da guerra era a briga entre o exército confederado do Sul que defendiam o latifúndio, a escravidão dos negros versus os estados liberais do Norte. Atlanta esteve no meio de todo este conflito. Hoje é capital Georgia e tem uma população em torno de 500 mil habitantes.

Rotas para chegar:

Atlanta

Saindo de São Paulo, eu acho que a Delta Airlines possui voos diretos para Atlanta que a propósito é Atlanta é um aeroporto hub bem importante nos Estados Unidos. Mas como já estávamos em Miami, existem muitas ofertas. O voo direto levou em torno de 1h50 até Atlanta. E o legal é que o metro sai do Aeroporto direto para o centro da cidade de uma forma bem rápida e cômoda.

Lugares para conhecer:

The World of Coca Cola

Para mim, este era o grande ponto de interesse que eu tinha curiosidade de conhecer. Eu sou uma daquelas apaixonadas por Coca Cola Zero, então vocês podem imaginar como foi minha visita a esta Disneyland da Coca Cola. Quando eu falo em Disney, é porque eu realmente me senti entrando em uma das atrações do parque. Tudo é muito organizado, com um host nos levando para conhecer a história da empresa ao longo dos anos. Nesta primeira parte os visitantes são convidados a assistir a um filme curto em um auditório, e nem preciso dizer que me emocionei! Rs! A segunda parte da visita é livre e vamos passando por vários ambientes sobre o processo de fabricação, o segredo da fórmula da Coca Cocal, as milhares de campanhas de marketing desenvolvidas ao longo dos anos, e a cereja do bolo é uma sala onde podemos experimentar vários sabores de Coca Cola ao redor do mundo. Como em um parque da Disney, uma lojinha de souvenires não podia faltar, e eu trouxe para casa ímãs de geladeiras, copinhos, e aquelas lembranças que a gente ama!

Industrious Atlanta Ponce City Market

Esta é uma daquelas dicas para guardar, já que quem me levou foi uma amiga querida que mora em Atlanta. Em outras palavras, um lugar frequentado por locais!

A impressão que eu tive do Ponce Market é uma mistura de High Line de New York com o Chelsea Market. São muitas opções de restaurantes, jardins suspensos, pistas para caminhada, arte de rua, quadras de esportes, e muito mais. É um lugar imperdível e bem perto do centro da cidade de Atlanta, em torno de 10 minutos.

O local ocupa um grande galpão, que eram a fábrica e o escritório regional da Sears aberto em 1926. Com tudo reformado, hoje o local é descolado, animado, mistura o antigo e o contemporâneo e é muito frequentado por moradores da cidade.

Torre CNN

Infelizmente em função da pandemia, a torre da CNN estava fechada. Fomos conhecer somente por fora, e tem um letreiro gigante que rende fotos bacanas. Porém em tempos normais existe um tour que o visitante pode fazer para conhecer os bastidores deste canal tão icônico. Em geral, grande parte dos pontos de interessem em Atlanta são `walking distance` então fizemos tudo a pé!

Georgia Aquarium

Como tive muito pouco em Atlanta, não consegui visitar o aquário que fica exatamente em frente ao World of Coca Cola. Mas todas as críticas que eu li são muito positivas comparando o aquário da Georgia com os melhores aquários do mundo dado as dimensões e a diversidade de animais e criaturas marinhas.

Parque Olímpico Centenário

Apesar do parque estar fechado em função da pandemia, demos uma volta completa por ele, e podemos ter uma noção da grandiosidade e beleza do lugar. As Olimpíadas de 1996 foram especiais em Atlanta já que se comemorou os 100 anos dos jogos olímpicos da era moderna. Houve até uma controvérsia pelo que eu li, porque houve uma pressão grande para que as olimpíadas fossem em Atenas, porém os jogos acabaram acontecendo em Atlanta. Esperamos que o parque abra logo para que os visitantes possam aproveitar e conhecer a história. De qualquer forma, é possível tirar aquela foto bacana nos anéis olímpicos que ficam na parte externa do parque.

Martin Luther King District

O bairro onde nasceu Martin Luther King é reconhecido pelo governo como um lugar histórico oficial dos Estados Unidos. Gostaria muito de ter conhecido o bairro, porém não tivemos tempo, então ficará para a próxima visita. O bairro é formado por um conjunto de quarteirões que contam a histórias deste líder americano que lutou a vida toda pelo reconhecimento dos direitos civis dos negros. A casa que ele morou, a escola que ele estudou, a igreja batista em que ele se tornou bispo. Para quem gosta de história é uma boa opção.

Museu do Filme E o Vento Levou

A casa da autora do livro E o Vento Levou, Margaret Mitchel fica em Marietta ao norte de Atlanta, e sua casa virou um pequeno museu para os amantes deste clássico que tem a cidade Atlanta como sua inspiração. Além de conhecer a história da escritora e autora, o visitante revive esta história de amor através de objetivos, roupas, fotografias, vídeos que foram usados no filme. Não consegui visitar, porém está na minha lista para a próxima vez. Li sobre o museu e para quem gosta do filme, acho que é uma boa opção de passeio.

Lugares para Comer & Beber

Ponce Market

Sem dúvida o Ponce Market oferece inúmeras opões de restaurantes, cafés, lojas em um só lugar. Um ótimo lugar para visitar no fim do dia, no happy hour, principalmente no verão. Tem um grande estacionamento e fica a 10 minutos do centro de Atlanta.

Hard Rock Café

Não tínhamos muito tempo a perder, então acabamos buscando uma opção confortável para almoçar. Conhecíamos o cardápio, a localização era muito central, e assim tivemos um ótimo almoço. Eu notei que as opções de cardápio do Hard Rock diminuíram com a pandemia, mas ainda assim é um lugar que a família toda por aqui ama e repete!

Hospedagem para escolher

Double Tree by Hilton

Esta foi nossa hospedagem em Atlanta, o hotel é muito bem localizado, e a decoração me chamou muito a atenção. Tem uma pega vintage, com um mobiliário que remete a década de 60, uma série de fotos históricas mostrando momentos marcantes da cidade de Atlanta com presidentes, Martin Luther King, uma boa piscina e um quarto muito confortável.

A decoração vintage segue nos corredores, e nos quartos. Super recomendo!

160 Ted Turner Dr, NW Atlanta

História para conhecer

A cidade sulista de Atlanta está muito ligada a própria história dos Estados Unidos. Ela teve uma posição de destaque durante a guerra civil americana onde o exército confederado sulista e escravocrata lutava contra os estados liberais do Norte. A cidade foi toda queimada, mas renasceu das cinzas.

Não tem como pensar em Atlanta sem pensar no filme E o Vento Levou em que mostra também o incêndio na cidade.

Já na década de 60, Martin Luther King que nasceu e viveu em Atlanta trouxe protagonismo novamente para a cidade com sua luta de uma vida pelo reconhecimento dos direitos civis dos negros americanos de uma forma pacífica. É muito bonito ver a herança de King pela arte de rua caminhando nas calçadas de centro de Atlanta.

Hoje Atlanta é a capital da Georgia com uma população de mais ou menos 500 mil habitantes, uma cidade moderna, com bairros charmosos, e com atrações turísticas bem bacanas. Queria ter tido mais tempo para explorar a cidade. E ela entrou novamente na minha wish list.

https://www.atlantaga.gov/

Adriana Direne

Adriana Direne

Apaixonada por viajar e trazer muitas histórias pra contar

Booking.com