São Roque e a Rota do Vinho: Conheça as principais atrações e vinícolas perto de São Paulo

Resumo do Post

Conhecer a rota dos Vinhos em São Roque foi uma feliz surpresa. Eu não imaginava um lugar tão pertinho de São Paulo e com tanta natureza, boa gastronomia e lindas vinícolas para visitar há 60km partindo de SP. Fomos em um final de semana em agosto de 2020, e aí no seguinte repetimos porque são tantos lugares bacanas para conhecer somente um sábado não foi suficiente. São Roque virou o queridinho dos Paulistanos por ter tantas opções de lazer. Você pode passar o dia, visitar as vinícolas, experimentar a tranquilidade de um pesqueiro, andar de pedalinho com as crianças, ou passar só para almoçar. Ao longo das 3 vias que compõem a rota dos vinhos são mais de 30 lugares para visitar como parreirais, plantações de alcachofra, pesqueiros e centros de entretenimento com muita infraestrutura para crianças, lagos com pedalinhos e fazendinhas.

https://www.roteirodovinho.com.br/

Curiosidades para saber:

O cultivo de uvas na região de São Roque está relacionado a colonização português desde o século XVII quando Pedro Vaz de Barros que foi o fundador da cidade, identificou o potencial das terras para o cultivo de uvas e produção de uvas.

Tempos depois, imigrantes italianos também chegaram a São Roque e transformaram São Roque na terra do vinho. A cidade passou a ser também uma parada para os Bandeirantes que desciam pelo Rio Tietê em busca de ouro, desbravando o Brasil. 

Em 1990 São Roque virou estância turística e a rota dos vinhos virou um centro de turismo e lazer com vinícolas, hotéis, restaurantes, pesqueiros, ranchos e lazer para crianças cercada de muita natureza. É necessário ter um carro para percorrer as diversas atrações apesar de todas serem bem próximas uma das outras.

Rotas para chegar:

Saindo de São Paulo, acessamos a Rodovia Raposo Tavares e chegamos em São Roque bem rápido. São em torno de 60km. É possível também chegar a São Roque pela Rodovia Castelo Branco.  

Lugares para conhecer:

Vinícola Góes

Uma família portuguesa que desde 1938 produz vinhos. A vinícola é uma das mais bonitas de São Roque com um casarão no estilo português cercado de um lago incrível com carpas, jardim de lavandas, restaurantes, lojinha de chocolate e uma degustação de vinhos. Esta foi nossa 1a parada, e chegamos bem cedo e já havia uma fila grande de carros para entrar no estacionamento. Então a dica é chegue cedo. O lago rende fotos lindas, e a lojinha de chocolates é irresistível!

Eles possuem uma unidade produtora também na serra gaúcha.

Vinícola Quinta do Olivardo

Talvez este seja um dos locais mais buscados de São Roque. Mais do que os parreirais, a Quinta do Olivardo é um centro gastronômico e de entretenimento que agrada adultos e crianças. O clima é bulcólico, e parece um vilarejo português com restaurantes muito reconhecidos, um pequeno parque para crianças, animais com vaquinhas, galinhas, bezerros que fazem a alegria das crianças. São várias áreas de almoço, com opções de varandões abertos e bem amplos, mas as filas são grandes principalmente nos finais de semana. Então a dica aqui também é chegar cedo.

Aprendi uma história incrível por lá sobre o Vinho dos Mortos. Para se livrar dos saques franceses nas invasões napoleônicas, os portugueses enterravam as garrafas de vinhos no meio das pastagens e das plantações de uvas. O que eles não imaginavam é que o armazenamento dos vinhos iria trazer novas e excelentes características a bebida, e que esta prática iria se tornar uma tradição.

Durante nossa visita, assistimos a tradição de ver os vinhos serem retirados da solo, depois de serem enterrados.  A gastronomia da Quinta do Olivardo é excelente. A dica é chegar cedo e pegar uma mesa no varandão debruçado para os parreirais, e não perder o bacalhau e o pastel de nata.

https://quintadoolivardo.com.br

Vila Don Patto

Um enorme complexo gastronômico e de lazer com uma linda área verde com múltiplos ambientes como adega, restaurantes, sorveteria, um barco cenográfico, cafeteria, playground e claro uma loja com muitos vinhos, biscoitos artesanais, doce de leite. Impossível voltar sem uma comprinha.

Do alto de um jardim cenográfico, vemos a plantação de uvas. Eles escolheram a forma coberta nas videiras e por isso o cultivo é feito durante o ano inteiro. A vila conta com diversas opções de restaurantes, incluindo a culinária portuguesa e italiana. Sem dúvida, a Vila Don Patto se destaca entre as vinícolas da região de São Roque pela grandiosidade e infraestrutura que é oferecida ao visitante.

www.villadonpatto.com.br

Vinícola XV de Novembro

Também localizada no coração da Estrada do Vinho, a vinícola é cercada por várias montanhas que é tão característico da região de São Roque. Ela possui um espaço muito agradável de degustação, loja, empório, integrada a natureza com um grande varandão e um jardim muito bem cuidado. O ambiente é bulcólico, lindo e agradável.

Centro de Pesca Taquari

Um lago com 4000m2 com muita tranquilidade, infraestrutura e com muito conforto para os amantes da pesca. O espaço é dividido de forma muito organizada, com cadeiras e barracas para se proteger do sol enquanto estiver pescando. E ainda existe um hotel com 18 chales junto ao pesqueiro. Um lugar muito agradável com natureza intensa e exuberante. Foi muito bacana conhecer.

www.centrodepescataquari.com.br

Alma Galiza

Visitamos também a Alma Galiza que fica um pouquinho mais afastada da estrada. Estivemos na lojinha que oferece vinhos, produtos de alcachofra, e sucos. O local é simpático e remete a Galicia na Espanha. A área de visitação e bem pequena.

https://www.saoroque.sp.gov.br/

Adriana Direne

Adriana Direne

Apaixonada por viajar e trazer muitas histórias pra contar

Booking.com